• Ruy Cézar Campos

[Glossário] Algoritmo

Atualizado: 18 de Out de 2019


Primeiro algoritmo processado por uma máquina, escrito por Ada Lovelace no século XIX.

O termo vem da latinização do nome do persa Al-Khwarizmi, que escreveu o tratado On the Calculation with Hindu Numerals no século IX em Bagdá. Para Pasquinelli (2019), a lógica algorítmica pode ser encontrada em rituais que datam de mais de 3 mil anos.


Atualmente é, a princípio, meramente um procedimento passo a passo de cálculos, consistindo em sequencias de comandos que dão instruções a uma máquina. Através de linguagens de programação como C++, Java e Python, instruem aplicativos e softwares a como devem se comunicar com outros dispositivos e softwares, e assim operar.


Aponta-se, todavia, no campo de estudos de software, a disparidade entre a tecnicidade objetiva dos cálculos algorítmicos e os efeitos sociais imprevisíveis que causam na contemporaneidade. Os algoritmos são imprevisíveis e tem remodelado diversos aspectos de nossas sociedades. Conforme Luciana Parisi, eles “se tornaram entidades performativas e são agora atualidades que selecionam, avaliam, transformam e produzem dados”, ou, em outros termos, eles possuem uma agência, atuando como uma energia que move o capitalismo.


Referências

BUNZ, Mercedes. Define: Algorithm. Disponível em: [https://mercedesbunz.net/2017/10/11/define-algorithm/]. 2017

PASQUINELLI, Matteo. Three thousand years of algorithmic rituals: the emergence of AI from the Computation of Space. in: e-flux #101. Disponível em: [https://www.e-flux.com/journal/101/273221/three-thousand-years-of-algorithmic-rituals-the-emergence-of-ai-from-the-computation-of-space/]. 2019