Aula 07 - Os gestos do vídeo

Na sétima semana:

Nos aprofundamos um pouco no pensamento de Vilém Flusser sobre o vídeo.

Destacando os seguintes pontos a partir do vídeo Os Gestos do Professor:

- Flusser propunha, desde os anos 1970, o uso do vídeo para objetivos filosóficos e acadêmicos.

- Teorizar por meio da experimentação com novos meios de comunicação era uma de suas propostas.

- O vídeo como meio que permite capturar os fenômenos no âmbito da experiência sensível e perceptiva

- O vídeo como meio que documentar o que se mostra aos sentidos e ao mesmo tempo de refletir de volta (como um espelho) as aparências

- O vídeo como instaurador de um jogo de reflexividade

- Ao invés de uma representação estável do fenômeno, o vídeo pode oferecer um jogo complexo

- Que Flusser via no gesto do vídeo uma aproximação com seu entendimento de continuidade do espaço e do tempo e de rompimento com a linearidade da escrita tradicional.

- O vídeo tem mais uma forma circular do que linear

- Que Flusser teve oportunidade de participar e testemunhar de atividades artísticas com Fred Forest e em Nova Iorque, com artistas como Steine Vasulka e Nam June Paik.

- Que ele entende por gesto um movimento do corpo que resulta de uma diversidade de forças que se colocam em um jogo entre fora/dentro/fora do corpo.



 

Perguntas para o processo criativo:

- Com quais gestos eu vou trazer, no meu vídeo, as forças que me atravessam nesse momento?

- Como vou contrastar a liberdade dos meus gestos com as forças internas que os mobilizam para o que sinto neste momento?

- Como colocar os gestos em cada uma das três telas, pensando cada uma delas como um corpo?

 

- Quais gestos quero que cada corpo contenha?

- Que tipo de alteridade aparecem nas minas imagens?

- Como eu me coloco para o outro?

- Como eu me coloco como outro na imagem?

- O que haverá de ritualístico no espaço da minha videoinstalação?