Aula 13 - Olho tátil, fotografia e feminismo

Na quarta semana, buscamos:

- Dedicar atenção a produção fotográfica de mulheres, bem como as contribuições teóricas e visuais das feministas que desenvolveram críticas a partir de uma visualidade háptica.

Por onde passamos?

Exposição Bad Girls (New Museum, 1994). Alois Riegl e Laura Marks (visualidade tátil). Claude Cahun, Mary Beth Ederson, Francesca Woodman, Jeane Moutoussamy-Ashe, MFON: Women Photographers of the African Diaspora, Alexis Hunters, Eleanor Antin, Cindy Sherman, Ana Mandieta, Martha Rosler, Renate Bertlmann, Valie Export, Cris Bierrenbach, Rochelle Costi.

Para destacarmos:

- Que as últimas décadas, tem-se dedicado atenção para como, através da produção fotográfica, encontramos experiências que envolvem a construção ativa do próprio gênero em um outro tipo de visualidade.

- Visualidade tátil e visualidade óptica.