[PT]
 

No encontro do mangue do Rio Jequiá com a Baia de Guanabara se abriga a primeira colônia de pescadores institucionalmente registrada no Brasil,  há 100 anos.

Hoje são poucos os pescadores que não desistiram de jogar a tarrafa para acabar pescando apenas lixo. Com jovens pescadores como colaboradores, coletou-se sons, imagens e testemunhos de dois dos  mais velhos sobre suas memórias envolvendo a Baia de Guanabara e a poluição.

O material audiovisual resultante é exibido em um duto que veio boiando pela baia, quebrando barcos até ser encostado no mangue pelos pescadores.

Desde maio de 2019 participo do projeto Territórios Sensíveis, coordenado por Walmeri Ribeiro com o apoio do Prince Claus Fund e Goethe Institut.

 

O projeto tem como foco a questão do lixo flutuante na Baia de Guanabara e os afetos envolvendo que envolvem a questão com um olhar crítico sobre o Antropoceno.

No começo de outubro, um laboratório de 5 dias foi realizado na Colônia Z10 - Ilha do Governador, onde conseguimos produzir um protótipo/rascunho do vídeoduto e o exibimos no galpão dos pescadores.

 

Essa etapa do projeto Territórios Sensíveis segue até o começo do próximo ano.

Para acompanhar mais do projeto: http://www.territoriossensiveis.com

 

 

[EN]

Where the Jequiá River meets the Guanabara Bay, one can find the first fishermen colony institutionally registered in Brazil, exactly a 100 years ago. Nowadays only a few didn't gave up throwing their nets to fish mainly debris.

 

Collaborating with young fishermen, testimonies of two elders were registered, activating their memories relating Guanabara Bay and environmental pollution.

 

The audiovisual material resulting is exhibited in a duct that came floating through the bay into the community, breaking people's boats until it was took out of the water and dropped to the mangrove.

Since May 2019, I participate in Sensive Territories art-research residency, coordinated by Wameri Ribeiro and funded by Prince Claus Fund e Goethe Institut.

The project focuses on the matter of floating debris in Guanabara Bay and its affects through a critical Anthropocence approach.

In october, a 5 days laboratory happened in Z10 Colony - Governor Island - Rio de Janeiro, where we produced the prototype of the Videoduct and exhibited in the fishersmen community center.

For more information on Sensitive Territories: http://www.territoriossensiveis.com

Videoduto 

(em processo)